Domingo, 9 de Janeiro de 2005

Aquele gif do ódio por um povo...

   Que paciência!...
   Se todos os povos do mundo pudessem viver em paz, se todas as religiões do mundo se entendessem, se não houvesse brancos e pretos, mas apenas homens, se os partidos políticos e os governantes se preocupassem realmente com quem os elege, se eu não tivesse melhor ideia para um artigo, se ninguém me tivesse peguntado o que significa aquele gif que encabeça o separador TOP STOP, se, se...
   Acho que realmente devo essa explicação, embora saia do âmbito dos artigos que tenho escrito estes dias, mas, amanhã recomeçam... É preciso paciência.


   Há muitos anos a Indonésia invadiu o nosso território de Timor, tendo-o anexado. De nada valeram protestos internacionais, que aliás pouco se ouviram. Não houve intervenção armada da Nato ou das Nações Unidas. A América, não se importou. E um povo foi massacrado em nome da ocupação abusiva. Não se ouviu falar de atropelos ou ajudas internacionais. Não foi notícia de TV ou jornais. Não houve guerra das Malvinas ou Falkland, porque não era um território inglês, nem eram os argentinos. Não houve raides sobre a Jugoslávia, porque não havia um Milosevic, não se igualou ao Kosovo, Afeganistão ou outro qualquer conflito, não se atacaram talibãs nem nenhum Sadam, não houve ajudas da AMI, peditórios nacionais ou momentos de pesar... ninguém lhes ligou. Poucos odiaram os indonésios, continuando a comprar os ténis All Star e as bolas da Adidas, porque eram produtos de moda.
Dia 5, a data que está por baixo do gif, foi um dia em que se pediu 3 minutos de silêncio pelas vítimas do maremoto e tsunami que enlutaram não só a Indonésia, como os países vizinhos, mas também muitos estados europeus. Era ao meio dia. Se colocarem o rato em cima da imagem deverão ver a seguinte frase:


No silêncio do meio dia, pára e pensa em quem já não vive e nos que ficaram...



É uma frase dúbia. Fala dos que morreram agora, mas também de todos os que foram chacinados pela Indonésia no território de Timor. Fala dos que ficaram agora vivos e de todos os que ficaram durante a ocupação.
Embora possa não parecer, nesse dia, deixei de lado os meus ódios antigos e criei esse gif para o simbolizar. Que todas as vítimas possam ter encontrado o seu lugar no Céu em que acredito, sejam cristãs, muçulmanas, indus ou de qualquer outra crença, sejam ou não indonésias, tenham sido timorenses...
A cruz negra num céu azul significa esse enterro. Foi altura de rezar. Já houve vítimas suficientes.


Embora não costume responder a comentários, este artigo foi escrito no seguimento de um que me foi enviado e cuja resposta pode ser vista no separador MAIL. Achei que era demasiado importante para ficar escondido nesse tema, por poucos visitado. Sei que tinha mais um ou dois temas para terminar com o já habitual «É preciso paciência.» mas este é um assunto demasiado delicado para se resolver apenas com paciência. Não pretendo ferir susceptibilidades nem reacender paixões. Como disse, já houve vítimas suficientes; já passou tempo suficiente.

publicado por vkthor às 14:40
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De amarelito a 23 de Janeiro de 2005 às 10:14
Obrigado pela resposta Vitor, mas permite-me dizer-te que um povo nunca é o culpado. Os povos são todos iguais. São um conjunto de pessoas, na sua maioria boas, inocentes e vulneráveis, manobradas por líderes, uns melhores, outros piores que servem muitas vezes os seus próprios interesses. Boa sorte para o teu Blog.
Boa sorte para a tua vida.
E que o ódio dê lugar ao amor. É tão mais bonito.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Filho pródigo...

. Telefonema a meio da noit...

. ops

. Iconomaker 3.0

. Está a andar...

. Outra resolução

. Aguentei a segunda...

. Falhou logo à primeira...

. Foi há quase um ano...

. Quase... quase...

.arquivos

. Março 2007

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds