Sábado, 22 de Janeiro de 2005

O tempo não volta atrás.

   Que paciência!...
   Se o tempo pudesse de alguma forma voltar atrás. Penso que às vezes devíamos ter sido criados com um botão de reset nas nossas vidas. Enquanto isso não acontece, tem de se fazer o possível por reconquistar o um pouco de tempo, sermos nós a pensar e a agir como já o fizemos em tempos. Afinal, não duramos para sempre. Tentemos ganhar essa batalha.


   Embora sábado, preparei-me como de costume, para ir trabalhar. Ao voltar ao quarto encontro a minha mulher caída no chão ao lado da cama. Tentou-se levantar sozinha e não conseguiu. Continuo aborrecido com ela, mas custa-me vê-la assim. Tento levantá-la, mas apenas consigo sentá-la no chão, a cabeça encostada às minhas pernas. Não se fixa, o corpo mole ameaçando cair se a largar. Estou nu, e por momentos lembro-me de posições semelhantes, mas numa actitude totalmente diferente. Começo a ficar excitado, mas não posso nem pensar nisso. Aos poucos começa a reagir até que se consegue levantar. De certeza que não reparou, ou então fez de conta. Também tenho de me ir embora.
   A minha filha mais velha já se está a levantar preparando-se para também ir trabalhar. Dou-lhe boleia até ao comboio, pois não quer ir comigo. Vai esperar pelo namorado.
   Regresso à noite. A porta do quarto está fechada. Nem vale a pena abri-la para saber que estão também as janelas fechadas e os estores baixos. Cumprimento os miúdos, que estão com uma cara estranha, aliás que também se está a tornar habitual. A minha filha do meio queixa-se de dores de cabeça.
   __ Comeste?... __ pergunto-lhe. Fizeram um ovo estrelado para cada um, que comeram com arroz. São quase seis da tarde. Preparo-lhes um lanche, flocos, que é o mais rápido e vou tratar do jantar não tarda nada. Também estou enervado. Acabo com duas garrafas de Água das Pedras em menos de nada e peço-lhes para me irem comprar mais. Qualquer dia arranjo uma úlcera, se é que já a não tenho. Bem podia arranjar algo melhor, mesmo. No computador a playlist avançou e estou a ouvir o Hotel California, dos Eagles. Esta música marcou-me na minha juventude. A minha mulher apareceu, quebrando o encanto.
   __ Então?! Já chegaste? Nem me foste ver à cama!...
   Não estava nem com vontade de me aborrecer. Peço-lhe para me deixar acabar o trabalho, enviar uns e-mails que estão em atraso. Passado um bocado apareceu de novo.
   __ Apertas-me os sapatos, que eu não consigo? Não estejas zangado comigo! Não te faço mal nenhum.
   Não estou zangado. Se calhar nem aborrecido. Lamento esta situação que se foi criando entre os dois. Espero que um dia a vontade dela desponte. Lembro-me de tempos decorridos há 20 anos atrás, em que me ajudava, chegando a conseguir que desse aulas de Cobol sem nunca ter visto uma compilação e os alunos dela chegaram a ter melhores notas nos exames que os meus. Dúvidas, tirava-lhas muitas vezes num intervalo para o café. Pelo menos vai fazer o jantar... É preciso paciência.
publicado por vkthor às 21:41
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De PlantaCarnvora a 25 de Janeiro de 2005 às 10:50
Hum!!! Haja paciência mesmo...uma empregada aí pelo meio vinha a calhar, não! Ufa estou cansada, e aind anão fiz nada, mas li este post, ufa, não tome uns comprimidinhos não!Fui...mas com paciência, voltarei.


De docerebelde a 25 de Janeiro de 2005 às 10:00
É preciso paciencia e MUITA IMAGINAÇÂO ........rs
Na minha modesta opinião, apenas faço um pequeno reparo na "passagem " de um "estado" para o outro não, de resto está excelente. Nota 17 na escala de 1 a 20. Um abraço


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Filho pródigo...

. Telefonema a meio da noit...

. ops

. Iconomaker 3.0

. Está a andar...

. Outra resolução

. Aguentei a segunda...

. Falhou logo à primeira...

. Foi há quase um ano...

. Quase... quase...

.arquivos

. Março 2007

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds